Que tal ser acelerado no maior programa de aceleração do mundo?

Você sabe o que é um programa de aceleração? Você sabe qual a diferença de aceleração e incubação?

Muitas pessoas não sabem, e inclusive carecem de informações uma boa parte dos envolvidos no ecossistema brasileiro de empreendedorismo e inovação – o que gera um grande problema na execução de programas, sejam eles públicos ou privados. É importante compreender que uma aceleradora precisa partilhar de interesses (e riscos) com os empreendedores e ter expertise nos mercados que pretende atuar, especialmente expertise no seu corpo de mentores – diversas vezes ignoradas, como já apresentamos no post “O que há de errado com os mentores de startups no Brasil?“.

Compreender também a diferença entre uma incubadora e uma aceleradora é algo fundamental. Gostamos de usar uma literatura científica nesse ponto que resume bem a distinção: “Filosoficamente, incubadoras foram desenhadas para nutrir negócios nascentes amortecendo-os de seu ambiente, provendo aos mesmos local para crescer em um espaço protegido das forças de mercado. Aceleradoras, em contraste, são desenhadas para aumentar a velocidade das interações com o mercado visando ajudar negócios nascentes a se adaptar rapidamente e aprender.” (Cohen e Hochberg, 2014, p. 9)

Porém, a intenção do post não é falar tanto sobre o ecossistema, mas sim ajudá-lo. No ano passado, a equipe Wylinka fez diversos trabalhos alinhados à nossa missão de conectar agentes do ecossistema nacional com agentes internacionais, afinal, acreditamos que essas pontes são muito ricas para aprendizagem cultural e fortalecimento da mentalidade de empreendedor que se faz necessária no nosso país. Apresentamos as demandas e os esforços que temos feito no ecossistema de empreendedorismo e inovação no país e estreitamos relações com o MassChalenge (MIT), o maior programa de aceleração e competição de novos negócios do mundo.

Recentemente, o primeiro ministro do Reino Unido, David Cameron, encabeçou uma iniciativa de criar um MassChallenge UK – um programa de aceleração de 4 meses, envolvendo £500k (sem equity) em ativos diversos. Em cima dessa nova oportunidade de realização, fomos contactados pelo MassChallenge para auxiliá-los na captação de empresas nascentes brasileiras, e com um adicional: ganhamos 25 códigos de desconto (25%) para serem utilizados pelas nossas indicadas. Tem interesse? Conheça mais o programa aqui – http://masschallenge.org/programs/uk – e se inscreva mandando um email para [email protected] com o assunto “Inscrição Wylinka MassChallenge”. Quem sabe você não é selecionado pra ganhar o desconto?

Alguns de vocês já nos conhecem, mas para aqueles que não conhecem, um breve resumo para contextualizar: a Wylinka é uma Associação Sem Fins Lucrativos que tem como sonho maior transformar o país através do estímulo e desenvolvimento de ecossistemas de empreendedorismo e inovação, fazemos isso utilizando muito da ciência produzida na academia e na bagagem que trazemos do suporte que oferecemos a incubadoras, programas de aceleração, núcleos de inovação e tecnologia (NITs) etc. Um dos maiores feitos da Wylinka é ser a entidade executora do programa SEED do Governo de Minas Gerais, programa de aceleração que possui renome internacional e tem gerado bastante impacto no desenvolvimento do ecossistema do estado. Conheça mais nosso trabalho clicando aqui, ou curtindo a nossa página do facebook no box ao lado 🙂

obs: A seleção para descontos será feita baseada em uma análise de potencialidade da startup, sem oferta de feedback ou outro tipo de devolutiva, visto que isso atrapalharia a velocidade da seleção. Importante ressaltar também que a seleção é para um desconto de 25%, não envolvendo aprovação no programa ou aprovações similares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Protected by WP Anti Spam