Wyshots #2: Agilidade, autonomia e operações

Como vocês já sabem, o Wyshots é uma série de textos na qual organizamos diversos conteúdos em torno de uma temática para que nossos leitores possam imergir nos links de maneira rápida, organizada e bem curada! (E se você gostar na proposta, vale conhecer a startup Welearn, que tem o objetivo de organizar trilhas de conhecimento centradas em temáticas diversas)

O tema de hoje é operações! Percebemos em muitas startups entrando na fase de crescimento precisando de uma maior organização, e nesse ponto vivenciando certa confusão sobre como controlar as entregas, como garantir uma rotina produtiva e como garantir motivação nas pessoas ao mesmo tempo em que se escala o produto. Para isso, selecionamos algumas práticas que têm sido bastante utilizadas, além de como algumas startups tem lidado com tudo isso.

photo-1429497419816-9ca5cfb4571a

Primeiro conteúdo: Embracing Agile
O primeiro texto é um mergulho nos conceitos de desenvolvimento ágil. Essa recente matéria da Harvard Business Review contém muita informação sobre como funcionam as práticas de desenvolvimento ágil, como implementar, quais os desafios do modelo e a diversidade de abordagens da prática. Vale a leitura!

Segundo conteúdo: Spotify Engineering Culture
Esses dois vídeos do pessoal do Spotify são uma aula para todos que querem otimizar suas operações (o primeiro conta com legenda em português, o segundo conta com uma legenda automática gerada a partir de uma tradução, e funciona perfeitamente). Deveria ser um vídeo obrigatório para todos que estão organizando operações de produtos em tecnologia – e ainda é passível de aplicação em diversos outros setores, inclusive os não-tech. As práticas de operações dentro do Spotify são geniais e precisam ser replicadas no Brasil! Duas frases legais dos vídeos: “release should be routine, not drama” e “if everything seems under control, you’re not going fast enough“.

Terceiro conteúdo: How Google Works
Sendo um slideshare criado pelo Erich Schmidt para apresentar o livro How Google Works, esse material é um compilado de dicas sobre como devem funcionar as empresas na era da informação, trazendo pontos que vão desde contratação/administração de talentos até temas como métricas e direcionamento estratégico. Fica uma afirmação bem legal como dica: “Dê ouvidos às pessoas de jaleco, não às de terno. Apresente com protótipos, não com slides”.

Quarto conteúdo: Why does Facebook need so many developers?
Fechamos com uma resposta divertida no Quora sobre como as áreas de uma startup vão se organizando ao passo que as operações vão crescendo. A resposta da Jessica Su, PhD de Stanford, faz uma alusão da operação de uma startup como uma fábrica de biscoitos e é sensacional!

Captura de Tela 2016-06-12 às 01.07.28

Esperamos que tenham gostado! Acompanhem a Wylinka no facebook e compartilhe esse post pra nos ajudar a atingir mais gente! =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Protected by WP Anti Spam